Fazendo ‘arte’ em casa

17 jan

Semana passada fui até a ‘Casa das Artes’, uma loja especializada em produtos para artesanato e papelaria localizada na 102 Norte (Asa Norte), aqui em Brasília, e comprei vários produtos pra ‘brincar’ em casa. Na verdade, era uma desculpa para conhecer e mostrar aqui pra vocês no blog o que é possível encontrar hoje no mercado para fazer alguns trabalhos e pequenas reformas caseiras.

Lembrei que eu queria, já faz um tempo, um puxa-saco e um pequeno oratório lá para casa. Comprei aqueles feitos em MDF, sabe? Cru, pronto pra gente pintar e bordar em cima.

Primeiramente, a minha ideia era usar spray pra pintar tudo. Peguei o oratório pra fazer o teste e… deu tudo errado! 

Ou seja, lição aprendida: tinta spray não serve pra pintar objetos pequenos. Para eles, fique com a boa e velha dupla tinta + pincel.

Abaixo, o oratório já com a parte da frente arrumada depois do desastre com o spray. Usei tinta acrílica vermelha e pincel pra pintar a frente e a parte de dentro. Atrás, mais ajustes para consertar a pintura ruim do spray (pintado em lilás): fiz um acabamento em contact e inventei essas molduras em vermelho.

O oratório que usei de teste na pintura, frente e verso. Acho que a Nossa Senhora de Fátima que ganhei da minha sogra gostou!

Apesar do puxa-saco ser maior, não quis arriscar. O meu projeto ficou só a base de tinta acrílica (própria para pintar madeira) e pincel. Também precisei de fita crepe, uma régua e um estilete.

Decidi que ia fazer uma pintura simples e, como o modelo já trazia um ‘coração’ na parte de cima, não quis fazer nada ‘fru-fru’ demais, então optei por listras brancas e cinza claro, pra obter um visual mais moderninho.

Abaixo, segue o passo-a-passo e o resultado pra vocês!

O puxa-saco ainda cru, do jeito que comprei. Dei uma lixada nele de leve, pra melhor absorção da tinta e resultado.

Como tinha optado pelas cores branco + cinza claro, comecei pela base branca. O mais escuro deve vir depois, é melhor pra pintar.

Com a base toda pintada de branco, esperei de um dia pro outro pra terminar o trabalho sem me preocupar se a tinta ainda estava fresca ou não.

No dia seguinte, com a base bem seca, passei fita crepe na parte onde faria as listras. A fita ajuda a demarcar onde ficará a cor mais escura, neste caso, o cinza-claro.

Com um estilete e uma régua, demarquei a largura das tiras que ia pintar e as que ia deixar em branco.

Com a marcação já feita e recortada, basta tirar as fitas dos lugares que receberão a tinta mais escura e passá-la. Esperar secar bem antes de retirar as fitas.

Acabei optando por pintar de cinza também a parte de trás, do 'coração' e o fundo, onde está o buraco do puxa-saco. Achei mais bonito. Já a tampa, deixei branca. Atrás, martele um suporte daqueles de quadro, super fáceis de pregar.

Puxa-saco pronto! Ficou legal, né? Até que fiquei orgulhosa da minha 'arte' aprontada no final de semana, hehe.

Anúncios

Uma resposta to “Fazendo ‘arte’ em casa”

  1. cassia janeiro 26, 2012 às 12:07 pm #

    ficou uma graça!!! quero um!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: